segunda-feira, 12 de julho de 2010

"e se às vezes esquece de mim ou por motivo não convincente não vem me ver, é compreensível. Agora o que não consigo expressar é a ansiedade que me acomete enquanto te espero"