quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Entrei no meu quarto hoje e percebi o caos em que vivo, minha mãe tem razão, logo pensei. Aos poucos fui arrumando, pegando uma meia aqui, um papel para jogar fora e assim foi. O quarto ficou arrumado, deitei, pensei...por onde eu fui?
Todas aquelas coisas faziam parte do que eu sou, uma bagunça, um caos, sentimentos.
A calça que mais gosto estava na cama, a bolsa que me faz companhia, o remédio de todo dia, o perfume, contas, acessórios, tudo, em um conjunto meu e eu simplesmente organizei tudo e me desfiz.

Nenhum comentário: